As práticas que você está usando são as ideais para seu projeto ágil?   

O questionamento foi feito pelo Keynote Speaker do 18º Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos do PMI São Paulo, diretor de Agilidade Organizacional do Magazine Luiza, Henrique Imberti Jr. Ele falou sobre os “Desafios de uma organização em crescimento exponencial”.

O Magazine Luiza, Magalu no novo reposionamento, tem mais de 24 milhões de clients e 48% do share de receita digital. “O nosso desafio é saber como aumentar a recorrência para potencializar as vendas, mantendo o físico em sinergia com o digital. O brasileiro gosta de contato e conseguimos ser uma plataforma digital com pontos físicos e calor humano”, disse Imberti.

O segredo, segundo ele, é acompanhar as mudanças no ambiente complex de forma ágil e integrada. “Se o terreno muda, você tem que mudar também. Depois da ativação do e-commerce, em 2014, iniciamos a digitalização das lojas, respeitando o legado. Em 2016, iniciou-se a criação omnichannel e do marketplace. Foi aí que começamos a lidar mais com o ágil e foi necessário ter mecanismos para modelar a cultura”, relembrou.

Respondendo à pergunta inicial, Imberti pontuou que a prática de gestão de projetos que você usava talvez não funcione mais. “Mudar o ambiente talvez não seja possível, então temos que mudar as práticas, para haver interações entre as partes e conseguirmos pensar mais em síntese para ver o todo”.

Durante a palestra de abertura do terceiro e último dia de atividades, o palestrante destacou ainda a necessidade do entendimento e sinergia com o CEO da empresa e o foco na medicão de resultados relacionados aos clientes.

“Esteja preparado para assumir riscos. A transformação não vai acontecer só por conta da tecnologia. É uma mistura de cultura, processos e pessoas. O lean/agile empoderam a ponta e é a ponta que gera o valor!”, conclui.

 

Programação diversificada para tartar de Lean/Agile

Na sequência, o painel de CEO’s foi conduzido pelo Diretor Executivo do Grupo Citech, Douglas Januário; pelo CEO da IT Job Consulting, Leonardo Martins; e pelo Diretor de Operações da Aeroportos Brasil Viracopos, Marcelo Mota. A discussão abordou a gestão em um ambiente de transformação digital.

“Saiam do modelo padrão, busque conhecimentos e oportunidades, não se permita cair na mesmice. Você pode muito mais”, destacou Martins.

Os palestrantes Silvana Mizono, André Mattos e Karina Bellinfanti lotaram o auditório com o painel “Liderança Feminina nos Negócios”, logo após Luciano Salamacha alertar que “quando se trata de inversão de foco, temos que ter cuidado para não deixar detalhes para trás”.

Para os líderes, a orientação do palestrante Ivan Santos é criar um ambiente seguro que incentive os debates, apoiando de forma produtiva. “Revele, não resolva. Cuidado para não orientar a equipe em direção à resolução prematura do conflito ou solução dos problemas para protege-las. Ajude os membros da equipe a desenvolver habilidades.”